Make your own free website on Tripod.com
O FUTURO

Nada se move ou se transforma, no mundo, sem energia.  Energia é tudo aquilo que é capaz de produzir trabalho. Toda a história das civilizações pode ser escrita a partir das formas de energia que, em cada época, foram utilizadas.  Nos estertores do século XX, o mundo assiste à exaustão das formas energéticas fósseis - o petróleo - que moveram o mundo nos últimoos 100 anos.  À chegada do 3° milênio, o Homem volta-se para o mundo em busca de uma forma de energia limpa e renovável, que possa ser utilizada em grande escala para dar continuidade à nossa civilização.

O Brasil detém, no planeta, uma situação ímpar e privilegiada.

Possui a maior quantidade de água doce do mundo, fundamental para captação da energia solar e seu armazenamento sob a forma de biomassa.

Recebe energia solar durante o ano inteiro: um dia de sol sobre o território brasileiro equivale à energia produzida em 24h por 120.000 usinas hidrelétricas do porte de Itaipu, que é a maior do mundo.

Graças a essa fantástica incidência de energia solar, só possível nos trópicos, o continente brasileiro dispõe de uma riqueza vegetal inigualável, contendo óleos vegetais, celulose, açúcares, amido etc., que poderão gerar formas energéticas capazes de satisfazer, com vantagens, todos os derivados do petróleo, podendo,
com isso, prover praticamente todas as necessidades mundiais de combustíveis sólidos, líquidos e gasosos, assim como de eletricidade, por tempo ilimitado.

ESTA É A RAZÃO FUNDAMENTAL POR QUE O BRASIL É TÃO IMPORTANTE PARA OS DONOS DO MUNDO.

E É POR ISSO QUE ELES ESTÃO TENTANDO DESTRUIR O POVO BRASILEIRO, LEGÍTIMO DONO DO SEU TERRITÓRIO.

Entretanto, dentre todas as riquezas que este documento mostrou, a maior de todas é

O HOMEM BRASILEIRO.

O Brasil está entre os maiores mercados potenciais do planeta, com cerca de 70% da sua população afastada do consumo, vivendo numa economia que é, na melhor das hipóteses, de pura subsistência.

Cumpre dar a essa nossa gente as condições de vida que implicam o pleno emprego, participando ativamente da produção e do consumo, criando-se uma economia pujante, poderosa, auto-suficiente, que
tornará o Brasil a mais justa, a mais generosa e a maior civilização do 3° milênio.

  
Índice